Antes da Web Summit, há uma conferência “ultra-secreta”

Cosgrave anunciou uma conferência com localização secreta para startups, que terá lugar dias antes do começo da Web Summit. Os primeiros 200 oradores foram revelados.

Foto
O evento terá lugar dias antes do começo da Web Summit Miguel Manso

As novidades em torno da próxima Web Summit que se realiza em Novembro em Lisboa já começaram a surgir. Paddy Cosgrave, fundador da feira tecnológica, anunciou que Lisboa terá “uma conferência ultra-secreta para startups”. A notícia é avançada esta terça-feira pelo Expresso, que dá conta da presença de Cosgrave na capital portuguesa com o “maior construtor e operador de conferências do mundo” para visitar espaços com o objectivo de trazer outros grandes eventos para Portugal.

Citado pelo semanário, Paddy Cosgrave avançou que o evento será destinado às 500 startups em fase inicial mais promissoras e que cerca de 20 delas serão nacionais. A conferência envolta em mistério, disse, terá lugar em “localizações secretas” de Lisboa, durante dois dias e meio, antes do começo da cimeira. “A ideia é juntar grandes pessoas e realizar grandes actividades”, explicou, acrescentando que a partilha de conhecimentos e a criação de uma rede de contactos são outros dos objectivos.

O pré-evento Web Summit terá sessões de networking sectoriais e outras actividades pela cidade.

A edição de 2019 deverá contar com cerca de 70 mil participantes, mas para que o número aumente é necessária a expansão da FIL, que já foi sujeita a obras para permitir a acomodação de mais pessoas nas próximas edições do evento. O centro de congressos no Parque das Nações deverá triplicar o espaço nos próximos dez anos e assim ir ao encontro da logística solicitado por Cosgrave.

A câmara de Lisboa vai levar a votos o acordo que celebrou com a Web Summit para que a feira tecnológica se mantenha em Lisboa até 2028. O documento, contudo, está envolto em algum secretismo. Não será distribuído e os vereadores que o quiserem consultar têm de o fazer presencialmente, não podendo tirar fotografias ou fotocópias. 

Primeiros 200 oradores conhecidos

Os primeiros 200 nomes da edição deste ano também já são conhecidos. Entre os convidados estão o presidente da Microsoft, Brad Smith, a presidente executiva da Booking.com, Gillian Tans, o presidente executivo do Tinder, Elie Seidman, ou o co-fundador do Quora, Adam D’Angelo.

O diretor de tecnologia da Paypal, Sri Shivananda, também estará presente para falar na MoneyConf, uma coferência que passou a integrar a Web Summit.

O palco Venture, que traz investidores de fundos internacionais, investidores-anjo e aceleradoras de topo, expande-se de um para os três dias do evento, sendo acessível a qualquer participante. O sócio fundador da Floodgate Mike Maples, o sócio da Sequoia Capital Pat Grady, o sócio da Accel Partners Andrei Brasoveanu e o fundador da Draper Associates Tim Draper são alguns dos investidores já confirmados para 2019.

Paddy Cosgrave adiantou ainda ao Expresso que está à procura de um espaço que albergue entre 50 a 100 pessoas e que se deverá mudar para Lisboa em Setembro.