,Mars rover
Superfície de Marte fotografada pelo robô Curiosity, que chegou ao planeta vermelho em 2012 NASAJPL-Caltech

50 anos depois, a Lua é um trampolim para Marte

A NASA tem um calendário (bastante apertado) para voltar a levar astronautas à Lua e usar o nosso satélite natural como uma “rampa de lançamento” para Marte. E não é a única.

Há 50 anos, quando o foguetão Saturno V descolava e levava Neil Armstrong, Edwin Aldrin e Michael Collins em direcção à Lua, Richard Weiss sustinha a respiração numa sala de lançamento do Centro Espacial Kennedy, nos Estados Unidos. “Estava completamente compenetrado e não estava sozinho: havia um silêncio de morte na sala”, recorda agora o engenheiro aeroespacial com 72 anos, que esteve na equipa de testes do primeiro andar do Saturno V para a missão Apolo 11. “Ver o momento do lançamento foi uma honra e algo absolutamente inacreditável”, assinala no documentário Apolo 11: Os ficheiros esquecidos que se estreia este sábado às 21h no Discovery Channel.