Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Aveiro
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Bicicleta
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Vela
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Fotogaleria
Adriano Miranda
Vela
Fotogaleria
Adriano Miranda

Por esta ria de Aveiro adentro há paisagens serenas e genuínas

O que podem ter em comum um moliceiro que exibe o rosto de Marcelo Rebelo de Sousa na proa e uma antiga lancha de transporte de passageiros e mercadorias? Navegam ambos em “ria aberta”, nessa que esconde ilhas, histórias e paisagens únicas.

Este texto tem de começar com uma espécie de acto de contrição. Por momentos, estivemos tentados a omitir alguns dos locais imaculados que tivemos a oportunidade (e a sorte) de ficar a conhecer ao longo das várias horas que passámos no coração da ria de Aveiro. Ilhas desertas, praias de areia branca, pequenos portos de abrigo que merecem ficar assim mesmo, puros e resguardados. Os cânones do jornalismo acabaram por prevalecer e, por isso, não lhe vamos faltar à verdade. Há pequenas maravilhas para descobrir para além dos canais urbanos na ria de Aveiro – aqueles que são dados a conhecer em forma de speed dating, em passeios de moliceiro de curta duração. À vela ou a motor, não faltam propostas para viver uma experiência diferente na laguna que torna a região de Aveiro tão especial.