Obras públicas: Diferencial entre preço base e contrato está a diminuir

Lançamento de três grandes empreitadas de ferrovia influenciou os valores apurados pela associação do sector da construção para o primeiro semestre de 2019.

Foto
Paulo Pimenta

Os contratos de empreitadas de obras públicas foram celebrados por um preço 13,1% inferior ao preço base do respectivo concurso em 2018. E no primeiro semestre de 2019, esse diferencial baixou para os 11,8%. Estes dados foram apurados pela Associação dos Industriais de Construção Civil e Obras Públicas (AICCOPN), que detectou que quase metade dos contratos lançados (48,8%) registou um diferencial inferior a 10%, relativamente ao respectivo preço base do concurso. Porém, quando se tem em conta não o numero de contratos mas o valor pelo qual eles foram adjudicados, percebe-se que em 20,6% dos contratos, que representam 42,3% do montante total celebrado, o diferencial face ao preço base do concurso é superior a 30%.