Concurso

Vamos fotografar Portugal: Wiki Loves Monuments

É um convite Wikipédia para aquele que já foi declarado “o maior concurso de fotografia do mundo”. Objectivo: fotografar monumentos e divulgá-los livremente.

Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Mosteiro da Batalha Paulo Alexandre Araujo - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Igreja do Calvário, Portalegre Carlasfonseca - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Convento do Carmo, Lisboa Pedro J Pacheco - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Castelo de São João do Arade CarlosGoncalvesPhotography - Own work, CC BY-SA 4.0
Fortaleza de Sagres
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Fortaleza de Sagres Valentina.desantis - Own work, CC BY-SA 3.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Elevador da Bica, Lisboa Pedro J Pacheco - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa Pedro J Pacheco - Own work, CC BY-SA 4.0
Aqueduto das Águas Livres
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Aqueduto das Águas Livres, Lisboa Hugo Almeida - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Palácio Nacional de Queluz Pedro J Pacheco - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
(Finalistas de Portugal, 2018) - Igreja de Santo Antão, Évora Pedro J Pacheco - Own work, CC BY-SA 4.0

O Wiki Loves Monuments é um concurso de fotografia que pretende despertar interesse pelos monumentos existentes na Europa. Acontece em Setembro em vários países europeus e em Portugal é organizado pela Wikimedia Portugal. O objectivo é angariar fotografias do património edificado em todo mundo, sob uma licença livre, de modo a que fiquem acessíveis a todos nos projectos Wikimedia e possam ilustrar os respectivos artigos enciclopédicos na Wikipédia, assim como servir outros fins educativos.

Os interessados são convidados a submeter imagens de monumentos com uma licença de distribuição livre, que é a premissa para a sua utilização e distribuição na Wikipédia. O objectivo principal desta iniciativa é cobrir fotograficamente a lista completa destes monumentos na Wikipédia, dando uma visão completa e única sobre o património cultural destes países.

PÚBLICO - Vencedores 2018. 1 - Mesquita Sheikh Lotfollah, Irão
Vencedores 2018. 1 - Mesquita Sheikh Lotfollah, Irão Ara9979 - Own work CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 2 -  Al-Khaznah, Petra, Jordânia
Vencedores 2018. 2 - Al-Khaznah, Petra, Jordânia Mustafa Waad Saeed - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 3 - Catedral de Gloucester Cathedral, Reino Unido
Vencedores 2018. 3 - Catedral de Gloucester Cathedral, Reino Unido Christopher JT Cherrington - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 4 - Templo Pancha Ratna Govinda, Bangladesh
Vencedores 2018. 4 - Templo Pancha Ratna Govinda, Bangladesh Abdulmominbd - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 5 - Baitul Mukarram, Bangladesh
Vencedores 2018. 5 - Baitul Mukarram, Bangladesh Shahriar Amin Fahim247 - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 6 - Templo Nyatapola, Nepal
Vencedores 2018. 6 - Templo Nyatapola, Nepal Nrik kiran - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 7 - Fábrica Grohman’s, Polónia
Vencedores 2018. 7 - Fábrica Grohman’s, Polónia Marian Naworski
PÚBLICO - Vencedores 2018. 8 - Igreja Paraskeva Pyatnitsa, Rússia
Vencedores 2018. 8 - Igreja Paraskeva Pyatnitsa, Rússia Mikhail Prokhorov - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 9 - Procession Panel, EUA
Vencedores 2018. 9 - Procession Panel, EUA Marc Toso, AncientSkys Photography - Own work, CC BY-SA 4.0
PÚBLICO - Vencedores 2018. 10 - Fortaleza de Deva, România, Dragos Pirvulescu
Vencedores 2018. 10 - Fortaleza de Deva, România, Dragos Pirvulescu Neighbor's goat - Own work, CC BY-SA 4.0
Fotogaleria
Ara9979 - Own work CC BY-SA 4.0

As fotos devem ser da autoria dos concorrentes e poderão ser submetidas entre 1 a 30 de Setembro no link disponível no site. Cada concorrente pode submeter quantas fotografias quiser. Há prémios para as três melhores fotos, vales de compras no valor de 425, 225 e 125 euros, respectivamente, ficando ainda habilitado a um prémio caso submeta o maior número de imagens de monumentos diferentes ainda sem fotografia no Wikimedia Commons.

Poderá ainda concorrer à categoria de Melhor Fotografia de um Monumento da Antiguidade Clássica. “Temos um património riquíssimo em Portugal que está ainda pouco visível na Wikipédia, na Internet em geral, e mesmo na vida das pessoas”, diz Gonçalo Themudo, presidente da Wikimedia Portugal e um dos coordenadores da iniciativa.

“Queremos com este concurso incentivar todos a sair de casa, ficar a conhecer ou redescobrir os monumentos das suas cidades, vilas e aldeias, e dá-lo a conhecer a todo o mundo. Este esforço na recolha de informações digitais é mesmo uma das recomendações incluída no Plano de Trabalho para a Cultura 2019-2022, emitido pelo Ministério Europeu da Cultura em Novembro passado, na sequência do Ano Europeu do Património Cultural.”

O concurso teve a sua primeira edição em 2010 apenas nos Países Baixos, conseguindo angariar cerca de 12500 fotografias de oito mil monumentos. Em 2011, o concurso a nível europeu contou com a participação de Portugal, com mais de 16 mil fotos de monumentos portugueses a concurso. Desde então, o projecto ajudou a recolher informação sobre 1,5 milhões de monumentos, em 76 competições nacionais, com mais de 1,7 milhões de imagens carregadas por cerca de 60 mil participantes, somando-se a todo o conhecimento humano já recolhido na Wikipédia.

Este ano a acção estende-se por mais de 40 países aderentes de todo o mundo, e decorre em  duas fases distintas; numa primeira fase são seleccionados e premiados os vencedores nacionais; numa segunda fase seleccionam-se os vencedores entre os melhores de cada país.

Wiki Loves Monuments foi declarado o maior concurso de fotografia do mundo pelo Guinness World Records em 2012 - na altura, com mais de 5 mil participantes de 18 países e um total de 168,208 fotos. Para participar na edição de 2019 siga para aqui.