Berlengas? Esta app põe a reserva natural nas nossas mãos

A Life Berlengas foi lançada esta semana pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves a tempo de celebrar os 38 anos da reserva. É uma “visita virtual a este arquipélago único”.

Berlengas
Fotogaleria
DR/SPEA - Nuno Barros
Ilha da Berlenga Grande
Fotogaleria
DR/SPEA - Joana Andrade
Fotogaleria
DR/SPEA -
Fotogaleria
DR/SPEA - Ivan Ramirez
Fotogaleria
DR/SPEA - Sofia Capellan

“Esta app é uma forma de partilharmos com toda a gente as maravilhas deste arquipélago,” diz Joana Andrade, coordenadora do projecto Life Berlengas e do Departamento de Conservação Marinha da Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA). “É partilhar uma paixão e uma vontade de o proteger”.

Esta é uma aplicação, para já disponível para andróides, que nos leva às Berlengas, Reserva Mundial da Biosfera da UNESCO desde 2011, e que garante informação sobre tudo o que pode interessar ao visitantes, tanto em relação a “infra-estruturas e pontos de interesse” como “em termos de aves, plantas, lagartixas…” e “até da própria história da ilha”, resume-se na apresentação do projecto. 

PÚBLICO -
Paulo Pimenta
PÚBLICO -
Enric Vives-Rubio
PÚBLICO -
Paulo Pimenta
PÚBLICO -
Paulo Pimenta
PÚBLICO -
Paulo Pimenta
PÚBLICO -
Paulo Pimenta
PÚBLICO -
João Henriques
PÚBLICO -
João Henriques
PÚBLICO -
João Henriques
Fotogaleria
Paulo Pimenta

A app, gratuita, foi lançada oficialmente na segunda-feira, 3 de Setembro – data em que se assinalaram os 38 anos sobre a declaração da reserva natural, que passou a ter recentemente limite diário de visitantes.

PÚBLICO -
Foto
Imagem da app

Não faltam fotografias e informações sobre “as várias espécies que vivem e visitam a ilha”, história ou indicações sobre o “percurso dos trilhos que podem ser seguidos”, incluindo “dicas para garantir que a visita não perturba o equilíbrio deste tesouro natural”. Foi pensada, garantem, para que qualquer pessoa possa ter “as Berlengas no bolso”.  Uma das mais-valias é a “banda sonora": inclui os “curiosos sons” das aves marinhas que aqui nidificam.

As Berlengas, lembra a SPEA, são “um importante refúgio para as aves marinhas e para três espécies de plantas que apenas ali existem”. “Graças ao trabalho do Life Berlengas ao longo dos últimos cinco anos, a vegetação natural das Berlengas tem-se restabelecido, e aves ameaçadas encontram cada vez melhores condições no arquipélago”, sublinham.

A aplicação está disponível na Google Play Store e no site berlengas.eu com versões em português e inglês.