João Félix, filmado no Museu do Prado, também vale milhões (de visualizações)

Foi o menino bonito do Benfica na última temporada e o Atlético de Madrid parece querer fazer render os mais de cem milhões que lhe custou. A apresentação de João Félix que tem como cenário o Museu do Prado, em Madrid, já teve quase três milhões de visualizações.

,Museu Nacional do Prado
Fotogaleria
O vídeo foi publicado a 3 de Julho, quando o anúncio da transferência para o Atlético de Madrid DR
Fotogaleria
DR
,Rainha Zenobia diante do Imperador Aureliano
Fotogaleria
DR

Se dúvidas há de que futebol é arte, elas não parecem assombrar nem o departamento de marketing do Atlético de Madrid nem tão-pouco o Museu do Prado. As duas instituições uniram-se para criar aquela que poderá ser a apresentação mais artística alguma vez feita de um futebolista: João Félix em passeio solitário por entre alguns dos maiores mestres da pintura de todos os tempos, percorrendo os corredores de um museu que, há 200 anos, “alberga nas suas paredes mostras de enorme talento” — como se o próprio Félix fosse mais uma mostra de talento acolhida pelo Prado.

“O espectador de futebol não é estranho à cultura, nem os visitantes de um museu a um estádio”, considerou o director de Comunicação do Museu do Prado, Carlos Chaguaceda, citado pelo diário El País. Já da parte do Atlético, a escolha terá sido óbvia: afinal, qual o primeiro lugar que alguém que chega a Madrid deve obrigatoriamente visitar? Mas, para que tal fosse possível, o futebolista foi obrigado a madrugar.

Tudo foi feito com o maior secretismo. De acordo com Chaguaceda, a chamada para o Museu do Prado “chegou na segunda à noite, quando o acordo [de contratação do avançado português] estava quase fechado”. Na manhã seguinte, dois operadores de câmara, um realizador, o próprio João Félix e o agente deste ocuparam os corredores da instituição cultural mais relevante de Espanha. “Queriam manter a confidencialidade”, recorda Chaguaceda ao mesmo diário espanhol, ao mesmo tempo que sublinha a importância do anúncio para o museu, possibilitando a captação de novos públicos “que passam à frente [do Prado] e acham que o que se passa lá dentro nada tem a ver com eles”. 

Publicado com a hashtag #PuroTalento, o vídeo, que só no Twitter já gerou quase três milhões de visualizações desde a sua publicação, a 3 de Julho (no Youtube, contabilizam-se apenas 46 mil), foi pensado no sentido de gerar emoções em torno da contratação milionária do clube madrileno, mas também como uma forma do clube prestar homenagem ao Prado, um marco incontornável da cultura em Madrid, pelo seu bicentenário. Nas imagens, vê-se Félix a vaguear pelo salão central, admirando As Meninas (1656), de Diego Velázquez, ou El baile a orillas del Manzanares (1777), um óleo de Goya.

A contratação de João Félix, por 126 milhões de euros, foi conhecida a 3 de Julho e inscreveu-se nas mais caras de sempre da história do futebol — a que lidera a tabela foi a de Neymar do Barcelona para o Paris Saint-Germain (222 milhões de euros).