Reportagem

A Geórgia e a Arménia para além das montanhas

O Cáucaso tem gentes hospitaleiras, bom vinho e comida deliciosa. O pior é que todas estas virtudes estão escondidas pelas maiores montanhas da Europa...e subi-las com uma criança de dois anos pode ser um desafio.

Fotogaleria
Fotogaleria
Vista de Tbilissi do interior do teleférico para a Mãe da Geórgia
Fotogaleria
Tbilissi - Ilka e Lia na cascata do Jardim Botânico
Fotogaleria
Tbilissi - ponte sobre o rio Kura
Fotogaleria
Vista de Mtskheta a partir do Mosteiro de Jvari ,
Fotogaleria
Mtskheta, Catedral de Svetitskhoveli
Fotogaleria
Mestia, o homem petrificado no trilho para Chalad
Fotogaleria
Mestia, a caminho do glaciar de Chaladi
Fotogaleria
Ushguli
Fotogaleria
Ushguli, café à entrada da aldeia
Fotogaleria
Anaklia, a torre "ovni"
Uva
Fotogaleria
As uvas de Telavi
Fotogaleria
Zorats Karer, Sisian
Fotogaleria
Aldeia perto de Sisian
Fotogaleria
"Na aldeia abandonada de Khndzoresk, perto de Goris, tivemos de atravessar uma ponte suspensa ao estilo de Indiana Jones"
Fotogaleria
Vista a partir das Asas de Tatev, o teleférico mais comprido do mundo
Meia idade
Fotogaleria
Mosteiro de Tatev, sul da Arménia
Fotogaleria
Um Lada especial em Tatev
Fotogaleria
Parlamento da República de Artsakh, nome de independência de Nagorno-Karabakh
Fotogaleria
Pães de ervas no mercado de Stepanakert, Nagorno-Karabakh
Nós somos nossas montanhas
Fotogaleria
"Nós as montanhas", principal monumento de Stepanakert

Quando Deus fez o mundo, perguntou a todos os povos do planeta em que zona queriam viver mas os georgianos, demasiado ocupados a comer e a beber, não lhe responderam. Furioso, o Todo-Poderoso estava prestes a enviá-los para as trevas. No entanto, o tamada – mestre tradicional responsável pelos brindes em todas as celebrações georgianas – disse-lhe que tinham estado a louvar o seu trabalho e que, de qualquer maneira, não se importavam de ficar sem abrigo se essa fosse a vontade divina. Sensibilizado pela resposta, Deus entregou-lhes o pedaço de terra que estava a guardar para si próprio – o Cáucaso.