Michael Stipe lança o seu primeiro tema a solo incentivado pela luta climática

Durante o próximo ano, todas as receitas do lançamento do tema Your Capricious Soul, o primeiro a solo do ex-vocalista dos R.E.M., irão reverter para o movimento global Extinction Rebellion.

Michael Stipe
Foto
Michael Stipe Sam Taylor-Johnson

Oito anos depois de o grupo de rock americano R.E.M. ter posto um ponto final a 30 anos de carreira, Michael Stipe, o antigo vocalista dos R.E.M, lançou um primeiro tema a solo impulsionado pelo movimento Extinction Rebellion, que luta pela justiça climática.

Mas esta será mais do que uma fonte de inspiração ou incentivo. Durante o próximo ano, todas as receitas do lançamento do tema Your Capricious Soul, o primeiro a solo de Stipe, irão reverter para o movimento global Extinction Rebellion. A música está disponível exclusivamente no site do artista e é possível adquiri-la por cerca de 0,70€ (0,77 dólares), sendo também possível fazer uma doação de uma quantia à escolha ou até mesmo fazer o download gratuitamente. A versão paga inclui materiais extra, como um documento com a letra da música, um cartaz e um áudio de elevada qualidade.

Your Capricious Soul junta a voz de Michael Stipe a uma onda electrónica, fazendo-se acompanhar por um vídeo realizado pela cineasta e fotógrafa inglesa Sam Taylor-Johnson. O tema já tinha sido apresentado por Stipe ao vivo, em Maio passado, na abertura de um concerto da (também) lenda do rock Patti Smith, na cidade de Nova Iorque, altura em que o ex-vocalista dos R.E.M. apresentou um outro tema inédito — Drive to the Ocean. No Verão, segundo o diário El País, Michael Stipe anunciou que tinha já 18 músicas escritas para o seu álbum de estreia a solo.

Mas a data de lançamento oficial de Your Capricious Soul não foi escolhida ao acaso. O tema foi lançado agora de forma a coincidir com uma série de manifestações, convocadas pelo Extinction Rebellion para esta segunda-feira, em várias cidades pelo mundo. O objectivo é um: através de acções de desobediência civil, os activistas do clima pretendem alertar para a crise climática e obrigar os Governos a adoptar medidas ambientais.

“Fiz uma longa pausa na música e tinha vontade de voltar”, começou por explicar Michael Stipe, numa nota publicada no seu site. “Your Capricious Soul é o meu primeiro trabalho a solo. Quero contribuir com a minha voz para esta emocionante mudança de consciência. O Extinction Rebellion deu-me o incentivo para lançar a canção e não esperar. A nossa relação com o meio ambiente preocupou-me toda a vida e agora sinto-me esperançoso, até mesmo optimista. Acredito que podemos criar o tipo de mudança necessária para melhorar o nosso belo planeta Terra e a nossa posição e o nosso lugar nele.”

Os activistas do Extinction Rebellion bloquearam, esta segunda-feira, várias zonas e ruas em Westminster, no centro de Londres. Segundo a polícia metropolitana, citada pelo diário britânico Guardian, foram detidas 135 pessoas durante os protestos. Outras manifestações tiveram ainda lugar em cidades como Sydney, Amesterdão, Berlim e Nova Iorque e estão marcados mais protestos pelo clima durante as próximas duas semanas.

O movimento Extinction Rebellion assenta em manifestações pacíficas mas, ao mesmo tempo, disruptivas. É importante, dizem os activistas, estabelecer medidas concretas, com impacto directo, para travar as alterações climáticas e alertar para o estado de emergência. No dia 27 de Setembro, os manifestantes bloquearam a Avenida Almirante Reis, em Lisboa, num protesto convocado pela Extinction Rebellion Portugal, tendo sido removidos à força pela PSP. “Nós estamos do lado certo da história”, garantiam.