,Tristeza e alegria na vida das girafas

Era uma vez uma girafa a passear por Lisboa com um urso

Antes de levar A Herdade a Veneza, Tiago Guedes adaptara ao cinema a peça de Tiago Rodrigues sobre uma menina pespineta de dez anos a tentar resolver a falta de dinheiro da família. Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, para nós o melhor filme do realizador, chega finalmente às salas

Dois filmes bem recebidos, a estrear no espaço de poucos meses: primeiro, A Herdade, que marcou o regresso de Portugal à competição principal do festival de Veneza; agora, Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, adaptação da aclamada peça teatral de Tiago Rodrigues. Será 2019 o ano do realizador que se chama Tiago Guedes? Enquanto mexe o café, o realizador que se chama Tiago Guedes sorri. “Sei que isto é óptimo, e estou a aproveitar o momento. Mas sei a dificuldade de sempre: não sei se vou conseguir fazer mais um filme a seguir. Isto é sempre a nossa realidade.”