Para as empresas exportadoras, por agora é “business as usual”

Empresários com exposição à economia britânica encaram o “Brexit” com cautela, mas também com calma. Ainda há muita indefinição.

,Carro
Foto
O sector automóvel tem seis das dez empresas nacionais mais exportadoras para o Reino Unido Daniel Rocha

É com a mesma impassibilidade que se costuma atribuir à fleuma britânica que uma parte do sector exportador olha neste momento para a consumação do “Brexit”. O Reino Unido é, segundo os dados oficiais, o quarto maior cliente de Portugal no comércio de bens (e o oitavo maior fornecedor das nossas importações). Mas o divórcio entre Londres e Bruxelas arrastou-se no tempo, o suficiente para que muitas empresas com exposição à economia britânica pudessem preparar-se para a saída do Reino Unido da União Europeia.