Partidos trabalham proposta única para estatuto do combatente

A referência pode ser o estatuto de 2002, de Paulo Portas, antes dos cortes de 2009, que pioraram consideravelmente a situação daqueles militares.

Foto
Debate decorre esta sexta-feira em plenário LUSA/MIGUEL A. LOPES

Os partidos apostam na redacção, na Comissão de Defesa Nacional (CDN), de uma proposta única para o estatuto do combatente, cujas propostas são esta sexta-feira discutidas em plenário da Assembleia da República. Este indício foi dado na reunião desta quarta-feira da CDN e confirmada, ao PÚBLICO, pelos representantes partidários. Assim, o guião desta manhã incide, durante uma hora, no reconhecimento aos antigos combatentes.