Opinião

Eu, pecador, me confesso...

Sou a favor da eutanásia pela mesma razão que sou contra a pena de morte: por uma questão de humanidade.

Confesso que não acredito nem na reencarnação nem na vida depois da morte. Também não acredito nas 72 virgens celestes à espera dos mártires islâmicos nem no Juízo Final e subsequente Vida Eterna. E não acredito nem nos amanhãs que cantam nem no homem novo do paraíso comunista. Não acredito igualmente que o Estado deva impor-nos concepções morais ou religiosas. Deve, isso sim, respeitar as concepções morais ou religiosas de cada um de nós.