António Costa pede a Marcelo condecoração para Arménio Carlos

Em carta enviada ao líder da CGTP que agora cessa funções, o primeiro-ministro agradece “a cooperação e diálogo mantidos ao longo dos últimos anos”.

Arménio Carlos (CGTP)
Foto
Arménio Carlos (CGTP) Nuno Ferreira Santos

O primeiro-ministro, António Costa, enviou na sexta-feira uma carta de elogio ao secretário-geral cessante da CGTP e vai sugerir ao Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que condecore Arménio Carlos como reconhecimento público da sua dedicação em defesa dos direitos do trabalho e dos trabalhadores, soube o PÚBLICO.