Entrevista

“Paulo Rangel seria uma excelente escolha para a Câmara do Porto”

O até agora presidente da concelhia acredita que o eurodeputado social-democrata “está à altura de um enorme número de desafios e o desafio da Câmara do Porto é apenas um deles”. Quanto ao projecto autárquico para 2021, diz que tem de ser “credível e ambicioso” para conquistar a “base eleitoral interessante” que o partido tem na cidade do Porto.

Foto
Rui Gaudêncio

Hugo Neto está de saída da presidência da concelhia do PSD-Porto e fecha a porta a uma recandidatura a um segundo mandato. Em entrevista ao PÚBLICO, o agora conselheiro nacional (eleito no recente congresso do PSD de Viana do Castelo), fala pela primeira vez da ruptura com Rui Rio por causa da lista de deputados para as legislativas, um incidente que lamenta mas que afirma fazer parte do passado. A um ano e meio das eleições autárquicas, lança Paulo Rangel para a Câmara do Porto elogiando o perfil do eurodeputado do PSD: “É uma das mentes mais brilhantes do PSD”. Quanto a Rui Moreira, aponta-lhe cansaço para resolver os principais problemas que a cidade enfrenta, demarca-se da sua visão de cidade “excessivamente centrada no próprio município” e diz ter dúvidas que avance para um terceiro mandato à frente da Câmara do Porto. Trânsito e mobilidade e o alastramento do fenómeno de tráfico de droga a novas zonas da cidade são para este social-democrata os principais problemas do Porto.