Covid-19: Festival de Cinema de Cannes descarta edição via Internet

Inicialmente agendada para decorrer de 12 a 23 de Maio, a 73.ª edição do festival francês poderá ainda acontecer no final de Junho ou início de Julho, admitiu a organização.

,Festival de Cinema de Cannes
Foto
Thierry Frémaux Eric Gaillard/REUTERS

A organização do Festival de Cinema de Cannes descartou a hipótese de realizar através da Internet o evento que ainda não tem nova data após ter sido adiado devido à pandemia covid-19, disse o seu director.

Em entrevista publicada esta terça-feira pela revista Variety, o director do festival, Thierry Frémaux, considerou que este seria “um modelo que não funcionaria” devido à “alma, história e eficiência” de Cannes. “Devemos primeiro perguntar aos detentores dos direitos se eles concordam”, acrescentou, citado pela agência Efe.

O director de Cannes questionou ainda se os estúdios aprovariam a ideia de apresentar, pela primeira vez, os seus principais projectos online. “Os filmes de Wes Anderson e Paul Verhoeven num computador? Conhecer o Top Gun 2 ou o novo Soul da Pixar num outro lugar que não seja o cinema?”, realçou.

Segundo Thierry Frémaux, estes “são filmes que foram adiados para serem lançados no ‘grande ecrã'”. “Se todos os festivais forem cancelados, teremos de pensar numa maneira de exibir os filmes, para evitar desperdiçar um ano, mas não acho que uma alternativa precária e improvisada de Cannes ou Veneza seja a solução”, acrescentou.

Desde que foi veiculada a possibilidade de estes eventos se realizarem através da Internet, aumentaram as tensões acerca da pirataria, a Internet e a exibição nos cinemas. “Os realizadores são motivados pela ideia de exibirem os seus filmes num ‘grande ecrã’ e compartilhá-los com outras pessoas em eventos como festivais, não para que o seu trabalho termine num iPhone”, defendeu Thierry Frémaux.

A 73.ª edição do festival francês, anunciada para 12 e 23 de Maio, vai ser adiada para Junho ou Julho, devido à pandemia de Covid-19, anunciaram em 19 de Março os organizadores. “O Festival de Cannes não poderá decorrer nas datas previstas. Várias possibilidades estão a ser estudadas, de modo a preservar o seu funcionamento, sendo a principal um simples adiamento para o final de Junho ou início de Julho”, pôde ler-se no comunicado então publicado na página oficial do festival.

Sugerir correcção