Torne-se perito

Cauteloso, Moro expôs as pressões de Bolsonaro e passou a bola aos militares

Não houve muitas surpresas no depoimento do ex-ministro que deu o pontapé de saída do inquérito às tentativas de interferência de Bolsonaro na Polícia Federal.

,Ministro
Foto
Sergio Moro teve o cuidado de dizer que não acusou Bolsonaro de qualquer crime EPA/Juan Carlos Hidalgo

O depoimento do ex-ministro da Justiça do Brasil, Sergio Moro, era aguardado com grande expectativa pela generalidade dos actores políticos e pela imprensa. A sua revelação integral, a pedido do próprio, veio mostrar, no entanto, que Moro apenas confirmou o que já havia dito quando se demitiu e pouco acrescentou ao que já era conhecido. Na lista de testemunhas seguem-se os três ministros militares mais próximos do Presidente, Jair Bolsonaro, que passam a estar numa posição sensível.