O Castelo de Almourol volta à praça pública

A edificação, instalada numa ilha a meio do rio Tejo, já reabriu ao público.

recomecar,monumento,vila-nova-barquinha,lazer,fugas,
Fotogaleria
Persio Basso
recomecar,monumento,vila-nova-barquinha,lazer,fugas,
Fotogaleria
Teresa Abecasis
,Tejo
Fotogaleria
Bruno Simoes Castanheira (colaborador)

Localizado numa pequena ilha na Praia do Ribatejo, em Vila Nova da Barquinha, o Castelo de Almourol é um dos monumentos mais emblemáticos da herança deixada pela Ordem dos Templários. Construído no século XII, a meio do rio Tejo, o edifício militar foi classificado como Monumento Nacional em 1910 e alberga o Centro de Interpretação Templário de Almourol (CITA).

Nesta segunda-feira reabre ao público, com as regras de segurança que os tempos exigem. As visitas têm duração limitada de 15 minutos e, conforme o comunicado, “não serão guiadas, mas haverá um acolhimento inicial, com explicação genérica do percurso da exposição”. O acesso à ilha é feito em embarcações (máximo de dez pessoas), com partida do cais junto ao castelo, todos os dias, das 9h às 19h, até 30 de Setembro (bilhetes a 4€, inclui visita ao CITA). 

Informações e reservas através dos contactos 249 712 094 e jftancos@gmail.com.

Sugerir correcção