Castelo de Palmela reabre portas

As portas do monumento reabriram com toda a etiqueta que os tempos exigem.

recomecar,monumento,visitas,palmela,fugas,
Foto
DR

Depois do confinamento, o Castelo de Palmela volta à praça pública, pronto a receber visitantes. Na cartilha de regras a cumprir para poder visitar o monumento, está o uso obrigatório de máscara para a entrada nos espaços fechados, o limite de visitas e o cumprimento das devidas distâncias de segurança.

A fortificação situada entre os estuários dos rios Tejo e Sado, que serviu de casa à Ordem de Santiago entre 1443 e 1834, tem o carimbo de Monumento Nacional desde 1910.

Integra o Museu Municipal, do qual fazem parte o Espaço Arqueológico, o Espaço de Transmissões Militares e a Reserva Visitável de escultura de São Tiago, a Igreja de Santiago, as ruínas da Igreja de Santa Maria e a Pousada Histórica de Palmela, além do Posto de Turismo, da esplanada e do comércio de artesanato e produtos regionais.

A reabertura dos espaços visitáveis, que ocorreu a 19 de Maio, acompanha o horário de Verão, a manter até ao final de Outubro: o museu está aberto de terça a domingo, das 10h às 18h (excepto feriados); a Igreja de Santiago pode ser visitada nos mesmos dias, entre as 10h e as 20h. Ambos os espaços encerram para almoço, das 12h30 às 14h. 

Sugerir correcção