hospital-loures,loures,saude,sociedade,hospitais,servico-nacional-saude,
Reportagem

No hospital de Loures a covid-19 ainda não deu descanso

O primeiro doente confirmado internado na unidade de cuidados intensivos esteve lá 20 dias. Nas últimas semanas, a lotação do serviço tem estado próxima do máximo, num concelho que faz parte do grupo dos dez com mais casos no país.

No Hospital Beatriz Ângelo, em Loures, o ambiente continua a ser de tensão. Desde o início da pandemia, a unidade gerida em parceria público-privada tratou mais de 270 doentes. Esta quarta-feira tinha oito nos cuidados intensivos e mais 52 nas enfermarias, tudo áreas dedicadas em exclusivo aos doentes infectados pelo SARS-CoV-2. Seriam mais, se não fossem os quatro pacientes que o hospital de Abrantes recebeu no início desta semana e a quem o hospital de Loures agradece pelo alívio da pressão.