BE quer antecipar metas da neutralidade carbónica e criar uma Lei de Bases do Clima

A criação de uma Lei de Bases do Clima foi também já proposta pelo PAN e reúne o apoio do PS e do PSD. Da esquerda à direita, o Parlamento concorda na urgência. No dia do Clima, o BE apresenta o esboço da sua proposta e tem como objectivo antecipar as metas do Governo.

Foto
No último ano, as greves estudantis pelo clima levaram a luta das alterações climáticas para as ruas em todo o mundo Nuno Ferreira Santos

Antecipar as metas de neutralidade carbónica propostas pelo Governo apenas para 2050, criar a Inspecção-Geral das Emissões Industriais, proteger e ampliar as florestas terrestres e ecossistemas aquáticos que reduzem o dióxido de carbono, reorganizar o espaço público para beneficiar meios de transporte públicos e suaves (como a bicicleta) e preparar o território para as consequências das alterações climáticas. Estas são algumas das propostas da Lei de Bases do Clima que está a ser preparada pelo BE e que o partido apresenta simbolicamente nesta sexta-feira, dia do Clima, sobre o qual os bloquistas marcaram um debate de urgência no Parlamento. É que, ainda que o confinamento tenha diminuído drasticamente os níveis de poluição em todo o mundo e trazido algum oxigénio à luta pelo clima, a urgência climática mantém-se e não permite relaxar, alertam os bloquistas.