Caiu a bandeira do Mississippi, onde ainda morava a memória da supremacia branca

Protestos anti-racismo e boicote de universidades e empresas selou o destino da última bandeira de um estado norte-americano com um símbolo da Confederação. “Os corações das pessoas mudaram”, admitiu o Partido Republicano.

A bandeira ainda em uso foi criada em 1894
Foto
A bandeira ainda em uso foi criada em 1894 MICHAEL REYNOLDS/EPA

Numa decisão que poucos acreditavam ser possível há apenas dois meses, o Congresso do estado norte-americano do Mississippi aprovou, no domingo, a substituição da sua bandeira com o apoio de uma larga maioria do Partido Republicano. O ponto de viragem foi a onda de protestos anti-racismo motivada pelo homicídio de George Floyd, que levou as universidades e várias empresas a suspenderem actividades e investimento enquanto a bandeira não fosse retirada.