covid19,coronavirus,estados-unidos,saude,ciencia,doencas,
Sala de exames numa morgue em Columbus, no Ohio Ty Wright/The Washington Post

Uma história de 38 cérebros, 87 pulmões e 42 corações — o que mostram as autópsias dos doentes com covid-19

Lesões invulgares nos pulmões, no cérebro e no coração. As autópsias às vítimas do novo coronavírus têm revelado um espectro muito variado de complicações provocadas pela doença e permitem perceber as melhores maneiras de a combater.

Quando Amy Rapkiewicz iniciou o processo funesto de abrir os corpos das vítimas do novo coronavírus para saber como tinham sido afectados pela doença, a patologista encontrou lesões nos pulmões, rins e fígado compatíveis com o que os médicos tinham relatado durante meses. Mas havia algo de errado.