Torne-se perito Entrevista

Infectar voluntários para acelerar vacina? “Ganho para a sociedade seria fantástico”, admite pioneiro da vacina da rubéola

Stanley Plotkin é um dos principais cientistas da área da vacinologia e notabilizou-se pelo desenvolvimento da vacina contra a rubéola em 1964, no Instituto Wistar, em Filadélfia, EUA. Ao longo da carreira, trabalhou ainda como pediatra e ajudou a desenvolver outras vacinas, para a poliomielite, a raiva ou o rotavírus. O médico tem agora uma proposta controversa: infectar voluntários para acelerar uma vacina contra o coronavírus.

pandemia,covid19,coronavirus,vacina,ciencia,medicina,
Foto
Stanley Plotkin DR

Quando grande parte dos países afectados pelo surto de coronavírus começam a aplicar medidas de desconfinamento, a vacina continua a ser a grande esperança para o retomar normal do quotidiano. Entre propostas mais optimistas e outras cautelosas, 2021 parece ser a meta mais provável. Stanley Ploktin foi decisivo no desenvolvimento da vacina contra a rubéola no século passado.