Snowboarder olímpico morre afogado na Austrália

Alex Pullin foi encontrado sem vida numa praia australiana, depois de fazer pesca submarina.

modalidades,desporto,australia,
Foto
LUSA/PAUL MILLER

O australiano Alex Pullin, duplo campeão do mundo de snowboard, morreu aos 32 anos. O atleta foi encontrado já sem vida em Palm Beach, Queensland, tendo falhado todas as tentativas de reanimação.

Pullin terá morrido por afogamento, enquanto praticava pesca submarina na praia de Gold Coast,  

“O snowboarder australiano, de 32 anos, foi encontrado por um snorkeller num coral artificial antes das 11h [locais]. As investigações sobre a morte continuam”, adiantou a ABC.

“Ele estava a fazer pesca submarina em Palm Beach. Pessoas que estavam nas proximidades trouxeram-no para terra, onde foi assistido por nadadores salvadores e paramédicos”, acrescentou um porta-voz de Queensland Ambulance.

“Chumpy”, alcunha pela qual era conhecido, foi o porta-estandarte da comitiva australiana nos Jogos Olímpicos de Sochi, em 2014. E, de acordo com o Channel 9, estaria a pescar sozinho.

“Ele não tinha máscara de oxigénio. Ao que parece, estava a fazer mergulho e pesca submarina na zona”, acrescentou a polícia local.

A federação australiana, Snow Australia, mostrou-se “chocada” com a morte de Pullin. “O Alex era um membro querido na comunidade e vamos sentir muito a falta dele. Um atleta incrível, bom companheiro e um exemplo a seguir”, reagiu o organismo, em comunicado.

Para trás, Pullin deixa um currículo com dois títulos mundiais de snowboard, alcançados em 2011 e 2013.

Sugerir correcção