Malta reabre-se ao turismo e retoma voos directos com Portugal

Malta já recebe turistas de alguns países mas a partir de 15 de Julho reabre-se ao mundo. Air Malta e Ryanair passam a ligar Lisboa e Porto com voos directos.

ryanair,aviacao,fugas,verao,turismo,malta,
Fotogaleria
Ilha de Gozo, Malta André Rodrigues
ryanair,aviacao,fugas,verao,turismo,malta,
Fotogaleria
Ilha de Gozo, Malta André Rodrigues
ryanair,aviacao,fugas,verao,turismo,malta,
Fotogaleria
Ilha de Gozo, Malta André Rodrigues
ryanair,aviacao,fugas,verao,turismo,malta,
Fotogaleria
Malta, La Valetta Darrin Zammit Lupi

O Aeroporto Internacional de Malta esteve encerrado por mais de três meses mas já começou a operar no caminho para a normalidade possível em tempos de covid-19.

A companhia de bandeira, Air Malta, arrancou a sua programação de Verão a 1 de Julho e, a 16 de Julho, retomará os voos de e para Lisboa, confirmou a ATR – Actividades Turísticas e Representações, que representa a empresa em Portugal.

O retomar das ligações directas acontece um dia depois de serem levantadas as restrições gerais a voos internacionais. O país voltou a receber turistas no início do mês mas ainda com limitações a nível de geografias da pandemia: nos primeiros quinze dias do mês aceita apenas chegadas de uma lista de cerca de duas dezenas de países, da qual Portugal não fazia parteA situação altera-se a 15 de Julho, com o levantamento de restrições aos voos internacionais.

Os voos directos entre Lisboa e Malta (o aeroporto fica a cerca de 5km da capital, La Valetta) realizar-se-ão duas vezes por semana, às quintas e domingos. A Air Malta anuncia uma promoção de bilhetes para a retoma desde 39 euros por trajecto (algumas pesquisas no site para o Verão permitiam ainda encontrar passagens por valores muito próximos, pelo menos em Agosto, mas os valores podem facilmente duplicar ou triplicar).

Do Porto, há voos a partir de 17 de Julho com a Ryanair, também duas frequências semanais, com preços promocionais anunciados desde 22,80 euros por trajecto (pesquisas para Julho e Agosto indicam vários bilhetes a este valor ou próximo).

Malta é um dos países europeus onde o surto de covid-19 foi mais controlado: os dados oficiais indicam menos de 700 casos de detecção do novo coronavírus e nove mortes.

Para viajantes, as medidas de segurança tomadas são similares às portuguesas, mas mais vale prevenir: é aconselhável verificar a informação actualizada no site do ministério da Saúde do país ou o site da União Europeia sobre viagens na Europa.

Sugerir correcção