Pulmões danificados foram recuperados com sangue de porco

Nova técnica com a utilização cruzada de sangue, fora do corpo, permitiu recuperar um pulmão humano gravemente danificado que tinha sido rejeitado para transplante. O método poderá ser aplicado a outros órgãos, antecipam os investigadores.

Investigadores “ligaram” cinco pulmões humanos danificados ao sistema circulatório de um porco
Foto
Investigadores “ligaram” cinco pulmões humanos danificados ao sistema circulatório de um porco DR

Uma equipa multidisciplinar de cientistas conseguiu recuperar um pulmão humano gravemente danificado em 24 horas mostrando que, com a técnica usada, é possível “salvar” órgãos que, como este, seriam rejeitados para transplantes. O artigo publicado na Nature Medicine descreve os detalhes do procedimento apoiado no recurso à utilização cruzada de sangue de um porco. A técnica poderá aumentar a baixa percentagem de pulmões aptos para transplante, ajudando a resolver um problema crítico nesta área, e poderá vir a ser aplicada também para reparar outros órgãos e tecidos humanos, incluindo fígados, corações e rins.