Alterações climáticas

Greta Thunberg vence Prémio Gulbenkian para a Humanidade: "Há um antes e depois de Greta"

Greta Thunberg deverá viajar até Lisboa para a cerimónia oficial de entrega deste prémio que, ao contrário de outros que lhe foram atribuídos antes, aceitou receber. O valor será doado. 

A jovem activista sueca Greta Thunberg venceu o Prémio Gulbenkian para a Humanidade, no valor de um milhão de euros, que quer distinguir projectos inovadores dedicados às alterações climáticas.  Miguel Bastos Araújo, cientista e presidente do comité de especialistas do Prémio, sublinha que além do mérito foram ainda considerados outros critérios como “o impacto e o grau de inovação”.

“Há um antes e depois da Greta na mobilização juvenil”, disse, lembrando ainda a importância do manifesto da ambientalista aos líderes europeus. ​Greta Thunberg deverá viajar até Lisboa para a cerimónia oficial de entrega deste prémio que, ao contrário de outros que lhe foram atribuídos antes, aceitou receber.  Num vídeo gravado, a jovem agradeceu o prémio e anunciou que o milhão de euros será doado, através da fundação com o seu nome, a diferentes organizações e projectos que tentam neste momento dar resposta à crise climática e ecológica. São acções, disse ainda, que “lutam por um mundo sustentável e para proteger o mundo natural”.

Leia o artigo completo aqui

Sugerir correcção