Contingente de 128 militares portugueses partiu para o Afeganistão

Duração desta nova missão da NATO, que integra 17 mil pessoas entre militares e civis, é de seis meses,

,Militares
Foto
Nova missão militar portuguesa no Afeganistão Nuno Ferreira Santos

Um novo contingente de 128 militares portugueses partiu, na manhã desta terça-feira, 21 de Julho, para o Afeganistão, para integrar a missão da NATO Resolute Support durante os próximos seis meses.

Estes militares constituirão três equipas em missão, nomeadamente, 118 militares do Exército português na Força de Reacção Rápida e no Destacamento de Apoio Nacional, com a missão de vigilância e protecção ao aeroporto internacional Hamid Karzai, em Cabul, e uma equipa de aconselhamento de Operações Especiais, constituída por oito militares, dos quais dois da Marinha e seis do Exército.

Partiram, igualmente, dois militares do Exército português que assumirão funções no Quartel-General desta missão da NATO. A missão é, actualmente, comandada pelo General Austin Scott Miller, do Exército Norte-americano, e conta com a participação de 39 nações que compõem um contingente total de mais de 17 mil pessoas no terreno, entre militares e civis, com a missão de construir um futuro mais seguro para o Afeganistão.

Sugerir correcção