Santo Tirso: “Poderíamos ter salvado animais, se nos tivessem deixado entrar na altura certa”

Autarca de Santo Tirso diz que dorme de “consciência tranquila” e que desconhecia o despacho de 2012 da DGAV para o encerramento do abrigo.

Morreram dezenas de animais nos abrigos, na sequência do incêndio
Foto
Morreram dezenas de animais nos abrigos, na sequência do incêndio PAULO PIMENTA

O comandante da Associação Portuguesa de Busca e Salvamento é peremptório sobre a gestão no terreno do incêndio em Santo Tirso que levou à morte de dezenas de animais, que estavam em dois abrigos ilegais, na serra da Agrela: “Sim, poderíamos ter salvado animais, sem dúvida nenhuma. Se nos tivessem deixado entrar na altura certa.”