economia,ugt,cgtp,codigo-trabalho,concertacao-social,governo,
"Layoff" simplificado, "layoff" normal, apoio à retoma ou incentivo à normalização: empresas em crise poderão escolher um destes caminhos Adriano Miranda (arquivo)

A partir de sábado, empresas terão de escolher um de quatro apoios possíveis

Com o apoio extraordinário à retoma progressiva, em vigor a partir de 1 de Agosto, abre-se um novo ciclo nas ajudas do Estado às empresas.

O apoio ao trabalho e ao emprego entra este sábado numa nova fase. Contra a vontade dos patrões, extingue-se o layoff simplificado, e começa o apoio extraordinário à retoma progressiva. As expectativas criadas pelo ministro da Economia, quando disse que seria preciso ponderar o prolongamento do layoff simplificado, saíram goradas. Siza Vieira recusou falar sobre o tema quando o PÚBLICO pediu, na quarta-feira, que explicasse o que aconteceu à proposta que defendera. Nesse mesmo dia, até o Presidente da República disse, depois de promulgar a lei do novo apoio, que preferia ter visto o Governo a prolongar o layoff até ao final do ano.