Cerca de 70 concelhos do Norte e Centro em risco máximo de incêndio

Concelhos dos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém e Portalegre estão em risco máximo de incêndio. Mais de uma centena de outros municípios também nas regiões Norte e Centro, mas igualmente no interior Norte e no Algarve, estão em risco muito elevado e elevado. Os distritos de Bragança, Évora e Beja estão sob aviso amarelo por causa do calor.

sociedade,portugal,meteorologia,ambiente,incendios-florestais,clima,
Foto
Concelhos do interior Norte e Centro do país estão esta sexta-feira em risco máximo de incêndio LUSA/Paulo Cunha

Cerca de 70 concelhos do interior Norte e Centro do país estão esta sexta-feira em risco máximo de incêndio, de acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IMPA), que prevê uma descida da temperatura nestas duas regiões. Os concelhos em causa pertencem aos distritos de Bragança, Vila Real, Viseu, Guarda, Castelo Branco, Santarém e Portalegre.

Mais de uma centena de outros municípios também nas regiões Norte e Centro, mas igualmente no interior Norte e no Algarve, estão em risco muito elevado e elevado. No litoral, a maior parte do território está com risco moderado de incêndio.

O risco de incêndio calculado pelo IPMA é determinado pelo IPMA e tem cinco níveis, que vão de reduzido a máximo. Os cálculos são obtidos a partir da temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas. Por causa da manutenção do risco elevado de incêndios, o Exército e a Marinha têm reforçado até hoje os contingentes no terreno para vigiar e prevenir fogos florestais.

O IPMA prevê para uma pequena descida da temperatura no Norte e Centro e nebulosidade matinal no litoral oeste, com possibilidade de chuvisco. Durante a tarde, o vento vai soprar por vezes forte nas terras altas do litoral centro e na faixa costeira a sul do Cabo Raso.

Quanto a temperaturas, as máximas vão variar entre os 22º (Viana do Castelo, Porto e Aveiro) e os 38º (Évora) e as mínimas entre os 14º (Sines) e os 21º (Portalegre e Faro).

Bragança, Évora e Beja em aviso amarelo por causa do calor

Os distritos de Bragança, Évora e Beja estão sob aviso amarelo por causa da persistência de valores elevados da temperatura máxima, avisos que vigoram até às 18h.

O IPMA define ainda para esta sexta-feira um risco extremo de exposição à radiação ultravioleta (UV) nos distritos da Guarda, Portalegre e Évora e risco muito elevado em todo o restante território de Portugal continental. Todas as ilhas das regiões autónomas da Madeira e Açores estão igualmente em risco muito elevado de exposição aos raios UV.

Nas situações de risco extremo é aconselhado evitar o mais possível a exposição ao sol e quando o risco é muito elevado deve-se usar de óculos de sol com filtro UV, chapéu, t-shirt, guarda-sol e protector solar. O IPMA aconselha ainda que se evite a exposição das crianças ao sol.

O cálculo do risco de exposição à radiação ultravioleta (UV) é feito com base nos valores observados às 13:00 de cada dia relativamente à temperatura do ar, humidade relativa, velocidade do vento e quantidade de precipitação nas últimas 24 horas.

Sugerir correcção