Recorde e pole position para Hamilton em Silverstone

Piloto da Mercedes foi o mais rápido na sessão de qualificação para o Grande Prémio britânico.

lewis-hamilton,motores,desporto,formula-1,
Foto
Reuters/POOL

Seis vezes campeão do mundo de Fórmula 1, Lewis Hamilton actualizou neste sábado o recorde do circuito de Silverstone e assegurou a pole position para o Grande Prémio britânico, que terá lugar no domingo (14h10).

O piloto da Mercedes, de 35 anos, procurará alcançar a sétima vitória “em casa” e terá como companheiro na primeira linha da grelha o finlandês Valtteri Bottas, colega de equipa. Max Verstappen (Red Bull) foi o terceiro mais rápido.

Para assegurar aquela que foi a 91.ª pole position da carreira (e a sétima em Silverstone), Hamilton realizou a melhor volta em 1m24,303s (batendo, assim, o recorde que pertencia a Bottas desde 2019, com 1m25,093s) depois de o nórdico ter liderado as duas primeiras sessões.

De resto, Lewis Hamilton até tinha derrapado na curva de Luffield, no início da segunda fase da qualificação. O britânico não danificou o carro, mas levou à exibição de bandeiras vermelhas por causa da gravilha projectada para cima da pista. 

“A qualificação tem muito a ver com confiança e eu estava um pouco em baixo e a lutar com o primeiro sector a cada volta que fazia”, explicou Hamilton depois da sessão. “Não sei como, mas respirei fundo e consegui recompor-me. A Q3 começou da melhor forma, a primeira volta já foi limpa e a segunda ainda melhor”.

Valtteri Bottas, que está cinco pontos atrás do companheiro de equipa no Mundial de pilotos, depois de três corridas realizadas, terminou com uma volta em 1m24,616s. Verstappen ficou a mais de um segundo de distância de Hamilton, tal como Charles Leclerc (Ferrari), que ocupará a quarta posição.

“Creio que a volta no final da Q3 foi bastante boa, mas foi possível perceber bem cedo na qualificação que eles [Mercedes] estavam demasiado rápidos, tal como tinham estado nas três últimas corridas”, resumiu Verstappen, cujo companheiro de equipa (Alexander Albon) não foi além de um modesto 12.º lugar.

Sebastian Vettel (Ferrari) não fez muito melhor e terá de contentar-se com o 10.º posto, a 2,036s do primeiro. Já Lando Norris (McLaren) sairá do quinto lugar, à frente de Lance Stroll (Racing Point).

“Há uma grande diferença entre nós e o terceiro lugar, mas isso não interessa porque o Bottas fez um trabalho fantástico. Esta pista é incrível, com vento de frente, de traseira, ventos cruzados”, resumiu o campeão do mundo, que neste ano não terá público a aplaudi-lo nas bancadas do circuito.

Sugerir correcção