Bloco e PCP comprometem-se em insistir no fim das PPP na saúde

Depois de chumbadas todas as propostas de alteração que os partidos queriam introduzir no decreto-lei do Governo, os partidos da esquerda não se conformam com a quebra de compromisso do executivo, que no ano passado lhes prometeu regulamentar a Lei de Bases da Saúde de forma a não haver mais PPP no sector.

Foto
Jamila Madeira, actual secretária de Estado Adjunta e da Saúde, foi uma das deputadas do PS envolvidas na discussão na especialidade da Lei de Bases da Saúde. LUSA/JOSÉ SENA GOULÃO/POOL

O BE e o PCP comprometem-se em insistir no fim da gestão privada na Saúde já no arranque da próxima sessão legislativa, depois de terem visto chumbadas todas as suas propostas nesse sentido durante a votação na especialidade da apreciação parlamentar ao decreto do Governo das PPP. O PSD também tinha chamado o decreto ao Parlamento mas agora prefere não antecipar a posição que vai assumir.