historia,politica,ministerio-negocios-estrangeiros,diplomacia,25-abril,mario-soares,
Fotogaleria
historia,politica,ministerio-negocios-estrangeiros,diplomacia,25-abril,mario-soares,
Fotogaleria
historia,politica,ministerio-negocios-estrangeiros,diplomacia,25-abril,mario-soares,
Fotogaleria
historia,politica,ministerio-negocios-estrangeiros,diplomacia,25-abril,mario-soares,
Fotogaleria
,Design automotivo
Fotogaleria
Investigação - Transição para a democracia no MNE (III)

Ninguém gosta de falar sobre os saneamentos no MNE

A primeira coisa que todos dizem é que “não houve saneamentos no MNE”. Nem um? “Talvez dois ou três.” Ao perguntar “quem?”, começamos a puxar o fio à meada. Os “dois ou três” nomes de saneados são quase todos diferentes. Juntos, formam uma longa lista. Meio século depois, ainda ninguém gosta de falar de saneamentos.

Nem 48 horas depois de Mário Soares tomar posse como ministro dos Negócios Estrangeiros — o primeiro da democracia ­— seis embaixadores recebem um telegrama com cinco palavras: “Rogo Vexa venha urgência serviço.”