Fotogaleria

O Lama Sem Drama. Em Portland, a paz é mantida com quatro patas e muito pêlo

Lyra Conley Duke Mitchell abraça Caesar McCool, o lama de terapia apelidado de "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Fotogaleria
Lyra Conley Duke Mitchell abraça Caesar McCool, o lama de terapia apelidado de "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD

Os protestos nos Estados Unidos, que começaram há três meses, depois do homicídio de George Floyd, voltaram a ganhar intensidade nas últimas semanas, depois de a Administração Trump ter enviado agentes federais para várias cidades norte-americanas.

Em Portland, no estado de Oregon, os protestos foram palco de momentos de violência entre manifestantes e polícia. Nas ruas da cidade, há agora um manifestante "pacificador": Caesar McCool, um lama peludo de seis anos, que tem passeado entre as multidões para aparecer em fotografias e receber carícias, tanto dos manifestantes como das forças policiais.

Já conhecido como o "No Drama Llama" (lama sem drama), Caesar é visto como um lama de terapia nas ruas, acalmando as pessoas que se aproximam para o abraçar.

"Por mais intensa que esteja a multidão, os manifestantes, os agentes federais, os militares... Ele consegue mesmo aliviar isso. É o seu objectivo", disse o dono do animal, Larry McCool, à agência Reuters.

Agentes federais fazem uma pausa das suas funções para cumprimentar o lama Caesar McCool, em Portland, Oregon.
Agentes federais fazem uma pausa das suas funções para cumprimentar o lama Caesar McCool, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Duke Mitchell abraça Caesar McCool, o lama de terapia apelidado de "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon.
Duke Mitchell abraça Caesar McCool, o lama de terapia apelidado de "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
O lama Caesar McCool fotografado em frente a um memorial dedicado aos afro-americanos mortos pela polícia, em Portland, Oregon.
O lama Caesar McCool fotografado em frente a um memorial dedicado aos afro-americanos mortos pela polícia, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Rebecca Laudarji tira uma <i>selfie</i> com Caesar McCool em frente ao memorial dedicado aos afro-americanos, em Portland, Oregon.
Rebecca Laudarji tira uma selfie com Caesar McCool em frente ao memorial dedicado aos afro-americanos, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Caesar McCool cumprimenta uma manifestante durante os protestos anti-racistas e contra a violência policial, em Portland, Oregon.
Caesar McCool cumprimenta uma manifestante durante os protestos anti-racistas e contra a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Manifestantes com o "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon.
Manifestantes com o "No Drama Llama", durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Caesar McCool com o seu dono, Larry McCool, durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon.
Caesar McCool com o seu dono, Larry McCool, durante os protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Um operador da ponte abraça Caesar McCool, na viagem do lama de regresso a casa com o seu dono, Larry McCool, em Portland, Oregon.
Um operador da ponte abraça Caesar McCool, na viagem do lama de regresso a casa com o seu dono, Larry McCool, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
O "No Drama Llama", e o seu dono, Larry McCool, cumprimentam um condutor no local dos protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon.
O "No Drama Llama", e o seu dono, Larry McCool, cumprimentam um condutor no local dos protestos contra o racismo e a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Caesar e Larry McCool regressam a casa depois de mais um dia nos protestos anti-racistas e contra a violência policial, em Portland, Oregon.
Caesar e Larry McCool regressam a casa depois de mais um dia nos protestos anti-racistas e contra a violência policial, em Portland, Oregon. Reuters/NATHAN HOWARD
Sugerir correcção