Torne-se perito

Uma pessoa morreu arrastada por agueiro na praia do Castelejo no Algarve

O acidente ocorreu quando um grupo de seis pessoas, todas de nacionalidade alemã, foi arrastado para um agueiro.

policia-maritima,acidentes,marinha,sociedade,algarve,praias,
Foto
O acidente ocorreu numa praia sem vigilância pedro cunha/arquivo

Um homem morreu e outro ficou ferido ao início da tarde deste domingo depois de ambos terem caído num agueiro na praia do Castelejo, no concelho de Vila do Bispo, Algarve, disse à Lusa fonte da Marinha.

Em declarações à agência Lusa, o Capitão do Porto de Lagos, Conceição Duarte, especificou que a vítima mortal é um homem com cerca de 30 anos, de nacionalidade alemã, que foi retirado inconsciente da água por um dos militares que integram o programa Praia Segura, tripulante da viatura Amarok, do projecto Seawatch.

Segundo a fonte, o acidente ocorreu quando um grupo de seis pessoas, todas de nacionalidade alemã, foi arrastada para um agueiro, tendo quatro delas saído da água com a ajuda de banhistas e de surfistas, “enquanto duas outras foram retiradas inconscientes da água pelos militares”.

“Os dois homens, ambos com cerca de 30 anos, foram assistidos em terra, e, infelizmente, um veio a falecer, tendo o óbito sido declarado no local, enquanto o outro foi reanimado, estabilizado e transportado para o hospital”, avançou Conceição Duarte.

O Capitão do Porto de Lagos acrescentou que o acidente ocorreu na praia do Castelejo, uma praia este ano sem vigilância, ao contrário do ano passado, em que tinha nadador-salvador.

Nas operações estiveram envolvidos vários elementos da Autoridade Marítima Nacional, dos bombeiros, da Polícia Marítima, do projecto Seawatch e do Instituto Nacional de Emergência Médica, com vários veículos, uma embarcação da Estação Salva-Vidas de Sagres e um helicóptero.

Sugerir correcção