“Faísca pode levar ao desastre” entre a Grécia e a Turquia no Mediterrâneo Oriental

Vários países da UE iniciam exercício militar no dia em que se agrava disputa sobre os limites de zonas marítimas ricas em gás natural.

mundo,uniao-europeia,turquia,grecia,europa,nato,
Foto
Navios gregos e franceses juntos no Mediterrâneo Oriental Reuters/Handout .

Retórica não equivale a conflito armado, nem quando é acompanhada de navios de guerra. Mas dias depois de Turquia e Grécia terem dado sinais de disponibilidade para uma solução negociada no conflito sobre direitos de prospecção de gás natural em zonas marítimas disputadas, líderes de ambos os países prometeram não recuar nas suas reivindicações. Isto depois da passagem do ministro dos Negócios Estrangeiros alemão por Atenas e Ancara: “Qualquer faísca, por mais pequena, pode levar ao desastre”, avisou Heiko Maas.