O Louise Michel
Foto
O Louise Michel SEA WATCH CREW

Banksy financia barco que faz resgates de refugiados no Mediterrâneo

Artista britânico ofereceu-se, em 2019, para financiar um novo barco de resgate. O Louise Michel, que está pintado com uma versão de uma das obras mais famosas de Banksy, partiu de Espanha a 18 de Agosto e já resgatou grupo de migrantes.

Banksy, misterioso artista de rua britânico, financiou a compra de um barco que faz agora resgate de migrantes no Mediterrâneo. A história, segundo conta o The Guardian, remonta a Setembro de 2019, altura em que Pia Klemp, ex-capitã de vários barcos de Organizações Não Governamentais (ONGs) que resgataram milhares de pessoas nos últimos anos, recebeu um e-mail de Banksy, o misterioso artista de rua britânico.

“Olá, Pia. Li a tua história nos jornais. Pareces-me brutal. Sou um artista do Reino Unido e fiz alguns trabalhos sobre a crise dos migrantes. Obviamente não posso ficar com o dinheiro. Poderias usá-lo para comprar um novo barco, ou algo assim? Por favor dá-me notícias. Bom trabalho, Banksy”, escreveu o artista.

Pia, que achava que se tratava de uma partida, respondeu à mensagem e a conversa entre os dois acabou por dar origem à embarcação baptizada de Louise Michel (em homenagem a uma anarquista feminista francesa). O barco partiu em segredo a 18 de Agosto do porto espanhol de Burriana, perto de Valência, e está neste momento no Mediterrâneo Central, onde resgatou, esta quinta-feira, 89 pessoas, grupo onde se incluem quatro crianças. A embarcação está agora à procura de um porto seguro para desembarcar os passageiros ou para os transferir para um navio da guarda costeira europeia.

A tripulação do Louise Michel, formada por activistas europeus com vasta experiência em operações de busca e salvamento, já tinha realizado outros dois resgates que envolveram 105 pessoas, grupo que está agora salvo a bordo de um navio da ONG alemã Sea-Watch.

A embarcação, que chegou a pertencer às autoridades costeiras francesas, está pintada de cor-de-rosa e exibe uma variação do Girl With Balloon, o célebre mural que mostra uma menina a tentar apanhar (ou a acabar de largar) um balão vermelho em forma de coração. No caso da versão do Loiuse Michel, a menina está vestida com um colete salva-vidas.

Como escreveu Banksy no e-mail, o artista é conhecido por obras que assumem tradicionalmente um teor político. Em Junho de 2018, o artista terá feito cerca de oito obras de arte urbana nas ruas de Paris — abordavam a crise migratória e a questão dos refugiados na Europa, assim como o racismo e o anti-semitismo, questões na ordem do dia.

A primeira obra a ser descoberta, perto de Porte de la Chapelle (no 18.º bairro), mostra a imagem de uma menina negra em cima de uma caixa de madeira a pintar com spray um mural (de padrão floral) cor-de-rosa por cima de uma cruz suástica, junto a um saco-cama e um peluche. Foi encontrada a 20 de Junho, Dia Mundial do Refugiado, na mesma rua parisiense onde chegou a existir um centro de acolhimento de refugiados.

Sugerir correcção