Temporada Gulbenkian com novo formato até Dezembro

Concertos de uma hora, repertório sinfónico e algumas óperas, incluindo a estreia em Portugal de uma obra inspirada nas Cartas Portuguesas de Mariana Alcoforado, preenchem os primeiros quatro meses da programação 2020/2021.

concertos,orquestra-gulbenkian,fundacao-calouste-gulbenkian,opera,culturaipsilon,musica,
Foto
Nuno Ferreira Santos

Face às incertezas sobre a evolução da pandemia, a Fundação Gulbenkian optou por divulgar apenas a programação dos primeiros quatro meses da temporada de música 2020/2021. A série de concertos agendada entre Setembro e Dezembro, divulgada hoje (a partir das 10h) através do site da fundação (gulbenkian.pt), apresenta um formato diverso dos anos anteriores: os concertos terão a duração aproximada de uma hora, sem intervalo, e o Grande Auditório terá a sua capacidade reduzia e estará sujeito a condições excepcionais de acesso de acordo com as orientações da Direcção-Geral de Saúde, incluindo o uso obrigatório de máscara.