Catorze anos e 20 temporadas depois, Keeping up with the Kardashians chega ao fim

A última temporada do reality show vai ser lançada em 2021.

familia,kim-kardashian,redes-sociais,eua,televisao,instagram,
Foto
Kim Kardashian tornou-se um dos principais rostos da família MARIO ANZUONI

A temporada 20 vai ser a última do programa Keeping up with The Kardashians (KUWTK), o reality show que lançou o clã como um todo, mas também vários dos membros individualmente. A família Kardashian-Jenner e o Canal E! anunciaram oficialmente nesta quarta-feira que a série — que está no ar desde 2007 — chega ao fim com a última temporada a ser lançada em 2021.

“É com pesar que dizemos adeus a Keeping up with the Kardashians”, começou por afirmar Kim Kardashian West, numa publicação no Instagram que já soma mais de 5,5 milhões de gostos. “Sem o programa não estaria onde estou hoje”, admitiu.

View this post on Instagram

To our amazing fans - It is with heavy hearts that we’ve made the difficult decision as a family to say goodbye to Keeping Up with the Kardashians. After what will be 14 years, 20 seasons, hundreds of episodes and numerous spin-off shows, we are beyond grateful to all of you who’ve watched us for all of these years – through the good times, the bad times, the happiness, the tears, and the many relationships and children. We’ll forever cherish the wonderful memories and countless people we’ve met along the way. Thank you to the thousands of individuals and businesses that have been a part of this experience and, most importantly, a very special thank you to Ryan Seacrest for believing in us, E! for being our partner, and our production team at Bunim/Murray, who’ve spent countless hours documenting our lives. Our last season will air early next year in 2021. Without Keeping Up with The Kardashians, I wouldn’t be where I am today. I am so incredibly grateful to everyone who has watched and supported me and my family these past 14 incredible years. This show made us who we are and I will be forever in debt to everyone who played a role in shaping our careers and changing our lives forever. With Love and Gratitude, Kim

A post shared by Kim Kardashian West (@kimkardashian) on

“Estamos imensamente agradecidos a todos os que assistiram à série durante todos estes anos — durante os tempos bons e maus, a felicidade, as lágrimas e as muitas relações e crianças. Guardaremos para sempre as maravilhosas memórias que criámos e as pessoas que conhecemos ao longo do tempo”, afirma a família num anúncio assinado por Kris Jenner, Kourtney Kardashian, Kim Kardashian, Khloe Kardashian, Rob Kardashian, Kendall Jenner, Kylie Jenner e Scott Disick.

O programa foi para o ar pela primeira vez em Outubro de 2007 e foi dos principais motores da ascensão de figuras como Kim Kardashian West e Kylie Jenner para o estrelato mediático que, aproveitando o momento, se envolveram em indústrias como as do vestuário e da cosmética com marcas próprias. Ambas também se tornaram fenómenos nas redes sociais e cada uma conta com uma audiência de cerca de 190 milhões de pessoas no Instagram. Do programa não nasceram só carreiras: mais 12 outras séries de televisão foram criadas a partir dos membros da família.

Em comunicado, o Canal E! diz que “tem sido um privilégio absoluto” ser a casa do KUWTK, cuja falta será sentida, mas também que respeitam “a decisão da família de viver as suas vidas sem as câmaras”.

Embora os valores envolvidos na compra dos direitos do programa nunca tenham sido revelados oficialmente, segundo a Variety, a renovação do contrato por três anos em 2017 poderá ter custado 150 milhões de dólares (126,8 milhões de euros) ao canal.

Sugerir correcção