Homens com uniforme de soldado assassinam mulher em Cabo Delgado

Exército considera as imagens do vídeo que circula nas redes sociais “chocantes, abusivas e repugnantes” e diz que não pactua com “qualquer acto bárbaro”. Organizações da sociedade civil pedem investigação.

cabo-delgado,direitos-humanos,mundo,terrorismo,mocambique,africa,
Foto
Militares num dos postos de controlo criados na província de Cabo Delgado António Silva/Lusa

O vídeo tem menos de dois minutos, embora o seu impacto dure muito mais. Começa com uma mulher nua caminhando à beira da estradaseguida por vários homens vestidos com fardas das Forças de Defesa e Segurança (FDS) de Moçambique. Um deles, com uma mochila vermelha às costas, aproxima-se e espanca-a violentamente com um pau. A mulher grita de dor, tenta proteger-se, cambaleia, os homens insistem que continue a andar, um deles dispara para a assustar. E ela foge.