Menos de 2500 estudantes mudaram as suas opções de acesso ao superior

Alargamento do número de vagas implicou novas regras e permitiu a 120 alunos que não se tinham candidatado inicialmente entrarem no concurso. Colocações são conhecidas no final da próxima semana.

coronavirus,institutos-politecnicos,educacao,sociedade,ensino-superior,universidades,
Foto
PAULO PIMENTA

Menos de 2500 estudantes alteraram as suas candidaturas ao ensino superior, optando por escolher cursos diferentes daqueles a que inicialmente tinham concorrido. O Governo teve que abrir esta prerrogativa na sequência do aumento extraordinário do número de vagas para o novo ano lectivo. Estas regras permitiram também a 120 alunos, que não se tinham apresentado à 1.ª fase, entrarem ainda no concurso, elevando para 62.795 o total de candidatos.