Otamendi apresentado no Benfica: “Vou dar tudo em campo”

Defesa argentino revela que se deixou convencer pelo projecto e pelo parecer da família.

sl-benfica,desporto,mercado-transferencias,futebol-nacional,
Foto
SL Benfica

Rúben Dias apresentado em Manchester, Nicolás Otamendi apresentado no Seixal. Praticamente à mesma hora, City e Benfica confirmaram os mais recentes reforços dos respectivos plantéis, com o central argentino a deixar uma garantia aos adeptos “encarnados": “Vou defender esta camisola até à morte”.

Com mais de hora e meia de atraso face à hora prevista, a cerimónia de apresentação de Otamendi serviu para o antigo central do FC Porto separar as águas, quando a rivalidade entre os dois emblemas foi abordada. “Em cada equipa em que joguei, honrei a camisola como única, com profissionalismo, tentando crescer, quer a nível futebolístico, quer pessoal. Agora visto a camisola do Benfica e vou defendê-la até à morte”.

Depois de uma passagem de cinco épocas pela Premier League, o internacional argentina decidiu regressar a Portugal, aos 32 anos. Porquê? “O Benfica interessou-se por mim, mostrou-me o projecto, consultei a minha família, que é o mais importante. Queria ter a continuidade de que todos os jogadores precisam, para ganhar ritmo, competir e estar na selecção argentina”, explicou, confiando que irá ser bem recebido pelos adeptos.

“Eles sabem ou vão perceber que estou aqui para o mesmo que eles. Para lutar por vitórias, por trabalhar e ganhar. Os adeptos dão mérito à forma como um jogador se comporta em campo. Vou dar o melhor de mim para os adeptos estarem contentes e para que tudo corra bem”, acrescentou.

Utilizado com muita regularidade por Pep Guardiola nas últimas épocas, Otamendi perdeu algum espaço na presente temporada, com John Stones e o reforço Nathan Aké a formarem a dupla titular neste arranque. A chegada de Rúben Dias aumentou ainda mais a concorrência e o argentino optou por procurar um novo desafio. 

Sugerir correcção