Consultas por covid nos centros de saúde disparam para mais de 40 mil por semana

Capacidade para conter cadeias de transmissão pode já estar em risco, avisa especialista. Internamentos em enfermarias e cuidados intensivos aumentam, mas ainda estamos longe do ponto de ruptura.

Foto
Adriano Miranda

O número de consultas por causa da epidemia de covid-19 disparou nas últimas semanas nos centros de saúde. Entre 28 de Setembro e 4 de Outubro os médicos de família fizeram mais de 40 mil consultas, um valor que se aproxima do registado no pico da epidemia, entre o fim de Março e o início de Abril. São sobretudo as crianças e os adolescentes e os adultos entre os 20 e os 49 anos que mais procuram os centros de saúde por este motivo, apesar de a tendência ser crescente em todos os grupos etários e regiões de saúde, revela o primeiro boletim de vigilância epidemiológica da gripe esta quinta-feira divulgado do Instituto Nacional Dr. Ricardo Jorge e que inclui agora a vigilância clínica da epidemia de covid-19 em Portugal.