“Ressurgimento da covid-19” suspende o Espanha-Portugal

A Rugby Europe anunciou que todos os jogos que estavam agendados até ao final de Novembro não se vão disputar devido à pandemia.

Foto
Foto: Luís Cabelo

A Rugby Europe, federação que tutela o râguebi a nível europeu, anunciou nesta terça-feira que o Espanha-Portugal, jogo da última jornada da Rugby Europe Championship originalmente marcado para Março, também não se vai disputar a 15 de Novembro. A suspensão da partida é justificada pelo “ressurgimento da covid-19” na Europa.

O confronto entre Espanha e Portugal, marcado para Madrid, iria definir que termina o Rugby Europe Championship 2020 no 2.º lugar - a Geórgia já assegurou a vitória na competição. Após as quatro primeiras jornadas, espanhóis e portugueses repartem a vice-liderança, com nove pontos.

Para além do Espanha-Portugal, a Rugby Europe informou que ficam igualmente suspensos as restantes partidas da última jornada da competição: Roménia-Bélgica, jogo decisivo para definir quem teria que defrontar a Holanda num play-off de acesso ao Championship 2021; e o Geórgia-Rússia.

A decisão da Rugby Europe vai afectar ainda dois encontros do Rugby Europe Trophy 2020-21 (Lituânia-Ucrânia e Ucrânia-Polónia) e um jogo do Women XV Senior Championship (Espanha-Holanda).

Segundo Octavian Morariu, presidente da Rugby Europe, “apesar da criação do protocolo ‘return to play’”, a federação internacional “suspendeu as suas competições para preservar a saúde dos jogadores e árbitros, que são na maioria amadores”.

“Não os podemos expôr ao vírus ou a períodos de quarentena que seriam problemáticos para eles. Teremos que continuar a ser pacientes antes de organizarmos as nossas competições nas melhores condições”, concluiu o dirigente romeno.

Para além do Espanha-Portugal, a Federação Portuguesa de Rugby anunciou que a selecção portuguesa iria defrontar as Ilhas Fiji em Limoges, em França, a 6 de Novembro, num “jogo-teste” onde seriam autorizados até cinco mil espectadores nas bancadas.

Agendados para 21 e 28 de Novembro estão também dois confrontos dos “Lobos” frente ao Brasil. As partidas estão marcadas para Lisboa e, em declarações à Agência Lusa, Carlos Amado da Silva, presidente da FPR, afirmou que os jogos só serão cancelados por decisão da World Rugby, a federação que tutela o râguebi a nível mundial.