Extrema-direita está a usar pandemia para se expandir, diz estudo encomendado pelo Governo alemão

Desde 2014 emergiu um movimento “sem líderes, transnacional, apocalíptico e orientado para a violência”, segundo um estudo encomendado pelo Governo alemão. “O extremismo de direita é a maior ameaça à nossa segurança”, diz o ministro de Negócios Estrangeiros alemão.

coronavirus,extremadireita,racismo,mundo,alemanha,europa,
Foto
Imagem da manifestação de quarta-feira junto ao Bundestag, em Berlim LUSA/FILIP SINGER

Um estudo encomendado pelo Governo alemão concluiu que os militantes de extrema-direita na Europa e nos Estados Unidos estão a aproveitar-se da pandemia de covid-19 para atrair novos simpatizantes, principalmente activistas antivacinas e seguidores de teorias da conspiração.