Parlamento aprovou 82 medidas contra a vontade do PS

Mesmo sem os 108 votos da bancada socialista, os deputados dos outros partidos conseguiram incluir no Orçamento do Estado quase uma centena de novas medidas que acrescentaram (ou retiraram) objectivos para o próximo ano. Chega foi o único partido sem nenhuma proposta de alteração aprovada.

Foto
O BE conseguiu aprovar apenas uma das suas propostas, mas foi uma das mais "amargas" para o Governo Nuno Ferreira Santos

Contra a vontade do PS (e do Governo), os restantes partidos da esquerda à direita do hemiciclo conseguiram incluir no Orçamento do Estado de 2021 (OE 2021) 82 propostas de alteração, de acordo com as contas do executivo. Os 108 deputados da bancada socialista não foram suficientes para travar 82 matérias nas quais houve entendimento nas restantes bancadas, dando origem às chamadas “coligações negativas”. Entre as propostas aprovadas estão algumas matérias que tinham estado a ser negociadas entre o Governo e os partidos da esquerda, mas que chegaram à fase de especialidade sem nenhum acordo.