Resiliência e optimismo são os conselhos das cores Pantone para 2021

Illuminating Yellow e Ultimate Grey – amarelo iluminado e cinzento definitivo, numa tradução literal – serão as cores que o Pantone prevê ficarem para a história de 2021.

cor,pantone,impar,moda,design,artes,
Fotogaleria
"Uma história de cor que encerra sentimentos profundos de ponderação com a promessa de algo soalheiro e amigável" DR
cor,pantone,impar,moda,design,artes,
Fotogaleria
Proposta da Prada para 2021 DR
cor,pantone,impar,moda,design,artes,
Fotogaleria
Proposta da Balmain para 2021 DR

O ano 2020 foi do azul clássico, já que o Pantone Color Institute considerou ser necessária “confiança e fé”. Agora, depois de um tortuoso período, a empresa anuncia duas tonalidades para o ano vindouro que já se podem ver em várias colecções: Prada, Jacquemus, Gucci, Balmain e Givenchy incluíram ambos os tons nas suas colecções Primavera/Verão 2021.

Esta não é a primeira vez que o Pantone selecciona duas tonalidades como a sua “cor do ano”, mas para 2021, o instituto destaca o facto de o seu estudo ter coincidido com mudanças várias: “Desde a forma como socializamos e viajamos até à forma como reajustamos as nossas mentes para o que é importante”, explica a vice-presidente Laurie Pressman, em declarações à Vogue britânica.

A directora-executiva Leatrice Eiseman declara à mesma revista que a “Ultimate Grey [Pantone 17-5104] transmite resiliência” – “é a cor das rochas e das pedras que existem há milhões de anos e que não vão desaparecer tão cedo”, justifica, acrescentando que “o cinzento transmite [a segurança de uma] fortaleza”. Além disso, é a cor que mais se encontra em calças de fato de treino, algo que, analisa, nos habituámos a usar e a sentirmo-nos bem nas mesmas, durante os últimos tempos. E que compõem aquilo a que chama de “guarda-roupa anti-herói de 2020”.

À resiliência do cinza, o Pantone junta a esperança do amarelo, Illuminating Yellow, a cor Pantone 13-0647. “Para a maioria das pessoas, amarelo significa esperança, positividade e algo por que ansiar” – sentimentos que as responsáveis pelo instituto consideram fulcrais para enfrentar o novo ano. Em comunicado, lê-se que a junção dos dois tons “é uma história de cor que encerra sentimentos profundos de ponderação com a promessa de algo soalheiro e amigável”.

“Ao longo dos anos, o Pantone tem feito muitos estudos sobre como as pessoas reagem à cor”, contextualiza Laurie Pressman, revelando que “existe uma reacção universal tanto ao Ultimate Grey como ao Illuminating Yellow”. É como se se visse “a luz ao fundo do túnel”, conclui a responsável.

Há mais de 20 anos, que a cor do ano do Pantone influencia o desenvolvimento de produtos em múltiplas indústrias: moda, mobiliário, design industrial, design gráfico, etc.. O processo de selecção da Cor Pantone do Ano requer uma consideração atenta e uma análise de tendências e para chegar à escolha, os especialistas em cor do Pantone Color Institute correm o mundo à procura de novas influências de cor.