Estado subsidia aumento do salário mínimo com 74 milhões euros

No próximo ano, o salário mínimo vai subir 30 euros, para 665 euros. Governo está a preparar um subsídio para as empresas mais afectadas, através da devolução do aumento dos encargos com TSU. “Os apoios não cobrem de modo algum o esforço que as empresas terão de fazer”, argumenta João Vieira Lopes, da Confederação do Comércio e Serviços.

Foto
daniel rocha

A subida do salário mínimo nacional para 665 euros em 2021 implicará um aumento dos encargos das empresas com descontos para a Segurança Social próximo dos 74 milhões de euros. Mas este valor será devolvido aos empregadores sob a forma de um subsídio que o Governo se compromete a pagar logo no primeiro trimestre.